Boa Madrugada! Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

E-mail: atendimento@asmipir.com.br

 
  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * Exército Brasileiro - BRAÇO FORTE - MÃO AMIGA *

  • ASMIPIR

    * Marinha do Brasil - PROTEGENDO NOSSAS RIQUEZAS, CUIDANDO DA NOSSA GENTE *

  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * Exercito Brasileiro - BRAÇO FORTE - MÃO AMIGA *

  • ASMIPIR

    * Marinha do Brasil - PROTEGENDO NOSSAS RIQUEZAS, CUIDANDO DA NOSSA GENTE *

  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * CORPO DE BOMBEIROS: Preservação da Vida, do Meio Ambiente e do Patrimônio *

  • ASMIPIR

    * PM: SERVIR E PROTEGER *

  • ASMIPIR

    * Força Aérea Brasileira - ASAS QUE PROTEGEM O PAÍS *

  • ASMIPIR

    * Exército Brasileiro - BRAÇO FORTE - MÃO AMIGA *

  • ASMIPIR

    * Marinha do Brasil - PROTEGENDO NOSSAS RIQUEZAS, CUIDANDO DA NOSSA GENTE *

  • ASMIPIR

    16º Encontro Nacional dos Veteranos Especialistas da Aeronáutica

Anuncie Aqui
  • Holder
    Notícias
    ASMIPIR

    RG DOS MILITARES DAS FFAA

    ASMIPIR

    Você sabe quem tem direito a isenções na compra de um veí­culo zero km?


    Informações sobre o HASP
    PABX:
    (11) 2224-7000
    EMERGÊNCIA:
    (11) 2224-7160 / 7131
    OFICIAL DE DIA:
    (11) 2224-7095/7094
    Admissão e Alta (SAME) same.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7109
    Assistência Social servicosocial.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7025/7026
    FUNSA (Fundo de Saúde) funsa.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7081
    Junta de Saúde (Inspeções) cis.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7121
    Laboratório lac.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7119/7139
    Ouvidoria ouvidoria.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7009
    SAME (marcação de consultas) same.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7050
    Seção de Controle da Qualidade      scqh.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7015
    Seção de Comunicação Social comsocial.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7017
    Secretaria Direção secretaria.hfasp@fab.mil.br (11) 2224-7002
    Unidade de Apoio ao Paciente (Hotel)   (11) 2224-7093

     

    Parcerias Diversas
    Vídeos

    Gripen. O novo caça da FAB

    FAB 2015 - Construindo o Futuro

    Diretoria

    DIRETORIA EXECUTIVA:

    Presidente: José Carlos Teixeira de GODOI
    Vice-Presidente: Flávio FREIRE Cardoso

    DIRETORES DE FINANÇAS:

    1º Tesoureiro: Moysés FONTOURA Barbosa
    2º Tesoureiro: Massakazu KUDAMATSU

    DIRETOR SOCIAL:

    Diretor: Heraldo NICOLAU da Silva

    DIRETORIA DE ESPORTES:

    Diretor: Jose Lourenço MARINHO

    CONSELHO DELIBERATIVO:

    Membros Efetivos

    Presidente: Adilson NOGUEIRA
    Vice: José Carlos MACHADO Filho
    Membro: MARIA LÚCIA de Pauli

    Membros Suplentes

    - REJANE Naval Boroto Rodrigues
    - Geraldo Augusto FURLANETTO
    - VALDAIR Rodrigues Vieira
    - AIRTON de Souza

    CONSELHO FISCAL:

    Membros Efetivos

    - ARLINDO A. do Nascimento
    - Odewaldo MASSARO
    - Carlos Augusto Lobo Tappembeck

    Membros Suplentes

    - FLÁVIO Monteiro
    - AMORACIR Fernandes
    - José EDSON Monteiro Amancio
    Notícias G1


    Vítima foi socorrida para o Frotinha do Antônio Bezerra, mas não resistiu aos ferimentos. Câmera de segurança registrou o momento que a vítima é atingida pelos disparos. Foto: Reprodução Dois homens em uma motocicleta executaram o passageiro de um carro que estava estacionado na Rua Antônio Lafaiete, no Bairro Presidente Kennedy, em Fortaleza, na noite desta quinta-feira (19). O crime aconteceu por volta das 20h16 e foi flagrado por câmeras de monitoramento. As imagens mostram o momento que a moto dos suspeitos para ao lado do carro da vítima. O garupeiro atira pelo menos cinco vezes e em seguida foge. É possível perceber uma pessoa fugindo do veículo pela porta do motorista. Segundo testemunhas, a vítima, que não teve a identidade revelada, chegou ao local em um carro de aplicativo. A vítima desceu do veículo, ficou falando ao telefone, em seguida retornou para o carro e momentos depois foi executada. A vítima chegou a ser socorrida para Hospital Doutor Evandro Ayres Moura, o Frotinha do Antônio Bezerra, mas não resistiu aos ferimentos. O condutor do carro não ficou ferido. A polícia investiga o caso.
    Cinco mães guatemaltecas foram separadas de seus filhos por mais de dois meses. Crianças têm problemas para dormir e uma delas sofre com pesadelos. Cinco mães guatemaltecas que foram separadas de seus filhos durante a política de tolerância zero contra a imigração irregular adotada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, iniciaram nesta quinta-feira (19) uma ação judicial para exigir indenizações pelo "tratamento cruel" recebido. "Os cinco pais e seus filhos (...) afirmam que o governo dos Estados Unidos os submeteu de forma intencional a um trauma excepcional que terá implicações durante toda a sua vida", disse a American Immigration Council, uma das organizações que promove a ação. Segundo a ação apresentada a um tribunal federal do Arizona, os menores envolvidos tinham entre 5 e 12 anos, e o trauma que sofreram "não foi algo imprevisto dentro da política" do governo. "Este era o propósito. O governo pretendia infligir um dano emocional para dissuadir os pais e seus filhos a buscar asilo neste país". Trump lançou em 2018 uma política de "tolerância zero" na fronteira com o México, o que levou à separação de mais de 2.300 crianças de seus pais e foi suspensa após uma onda de indignação. As cinco mulheres ficaram detidas em centros de confinamento no Arizona, onde permaneceram separadas de seus filhos durante mais de dois meses, período no qual receberam informação "muito limitada" sobre as crianças. Segundo os advogados, um menino ainda é incapaz de dormir sem sua mãe, outro tem problemas para dormir e uma menina sofre de pesadelos recorrentes. Trina Realmuto, diretora de litígios da American Immigration Council, explicou que "não se trata de dinheiro, e sim de ajudar nossos clientes que sofreram de uma forma horrível e de responsabilizar o governo".

    A polícia apreendeu no local três revólveres, uma metralhadora, uma pistola, uma arma artesanal e 234 munição. Foram apreendidos dentro da residência três revólveres, uma metralhadora, uma pistola, uma arma artesanal, 234 munição e um cofre. PM/ Divulgação Uma denúncia de violência doméstica levou a polícia a descobrir e desativar uma fábrica artesanal de armas e munições que funcionava em uma residência no Bairro Jardim Icaraí, em Caucaia, Grande Fortaleza, na noite desta quinta-feira (19). De acordo com a Polícia Militar, José Feitosa Veras, 49, estava agredindo a companheira e ameaçando ela de morte. Durante a ação, os policiais conseguiram render o suspeito e, ao fazerem buscas na casa, encontraram seis armas, munições e equipamentos para confeccionar armamento. Um cofre também foi apreendido. Segundo o capitão Bandeira, da PM, entre o material apreendido estão três revólveres, uma metralhadora, uma pistola, uma arma artesanal e 234 munições. José Feitosa foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana de Caucaia, junto com a vítima. A mulher foi ouvida e em seguida liberada. De acordo com as investigações da polícia, a mulher era ameaçada constantemente para não denunciar o marido. Conforme o capitão Bandeira, José Feitosa era “armeiro” de uma facção criminosa e disponibilizava as armas para treinamento de criminosos. A polícia continuará investigando o caso em busca de outros envolvidos. Ferramentas para fabricação das armas e munição foram apreendidas dentro de uma residência, em Caucaia. PM/ Divulgação

    Imprensa local informa um morto e oito feridos, dos quais três estão em estado grave. Veículos de resgate são vistos após um tiroteio em Washington Chris G. Collison / via REUTERS Uma pessoa morreu e outras oito ficaram feridas em dois tiroteios na noite desta quinta-feira (19) em Washington, D.C., informou a polícia local. No primeiro tiroteio, um homem foi morto e cinco outros adultos foram feridos no pátio de um complexo de apartamentos no bloco 1300 da Columbia Road, em Columbia Heights, disse o chefe da polícia, Stuart Emerman. O caso ocorreu por volta de 22h05 (horário local). Foram baleados cinco homens e uma mulher, disse a polícia. Duas pessoas estão em estado grave. Segundo a imprensa, a polícia procura por dois homens armados, possivelmente com fuzis AK. A polícia ainda não sabe o que levou ao tiroteio e está tentando reunir vídeos de vigilância da área. Novo tiroteio O segundo tiroteio foi relatado por volta das 22h30 no bloco 1400 de Rhode Island. Três pessoas foram baleadas. Um homem está em estado grave. Até o momento, a polícia afirma que não está claro se os dois casos estão relacionados.

    Equipamento teve a base danificada e foi reinstalado ainda nesta quinta-feira (19). Poste de monitoramento da Ciops é derrubado por criminosos no Vila Velha. Guarda Municipal/ Divulgação Um poste de monitoramento da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), localizado na Rua Do Prado, no Bairro Vila Velha, em Fortaleza, foi derrubado na noite desta quinta-feira (19). De acordo com o inspetor Máximo, da Guarda Municipal, criminosos danificaram a base do poste, que ficou caído no meio da rua, pendurado por fios. Os suspeitos fugiram. Agentes da Guarda acompanharam a equipe de manutenção enviada para fazer a reinstalação do equipamento, que foi recolocado durante a noite. Ainda segundo o agente Máximo, moradores da região que apoiaram a presença da torre da Ciops no local foram expulsos de suas casas. O bairro onde a torre foi derrubada possui várias residências abandonadas. A polícia irá investigar o caso. Uma equipe de manutenção fez a reinstalação do poste de monitoramento durante a noite desta quinta-feira (19). Rafaela Duarte/ Sistema Verdes Mares
    Sexta, 20 Sep 2019 05:00
    » 20 de setembro, sexta-feira

    Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. Parlamentares dizem que Bolsonaro pode abrir crise com Congresso se vetar novas regras eleitorais. Podcast 'Papo de Política' traz os bastidores do descompasso entre Alcolumbre e Maia. E Renata Lo Prete discute as contradições do caso Flordelis no episódio de hoje de 'O Assunto'. A fumaça de queimadas na Amazônia chega aos céus do Sul e do Sudeste do Brasil. Arábia Saudita inicia nova ofensiva no Iêmen. Novas regras eleitorais Aprovado projeto de lei que cria novas regras para partidos políticos e para as eleições A cúpula do Congresso Nacional acompanha com lupa os movimentos de Jair Bolsonaro em relação ao projeto que estabelece novas regras eleitorais. Parlamentares ouvidos por Andréia Sadi avaliam que, se o presidente vetar trechos considerados essenciais, poderá abrir uma crise com o Poder Legislativo. Entre outros pontos, a proposta cria um fundo eleitoral sem valor definido para financiar as campanhas do ano que vem. Para alguns parlamentares, o presidente até pode vetar um trecho ou outro do projeto sem grandes consequências para os trabalhos com o Legislativo. Mas há preocupação com um eventual veto ao ponto tido como fundamental: justamente o que trata do fundo. Podcast Papo de Política: descompasso entre Alcolumbre e Maia No episódio desta semana, Natuza Nery, Andréia Sadi e Julia Duailibi falam sobre o desacordo entre os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, que agrada o governo. Afinados desde o primeiro momento, Maia e Alcolumbre agora são lançados a uma disputa por protagonismo entre deputados e senadores. O Papo de Política conta os bastidores dessa relação e do interesse do governo Bolsonaro na divisão dos dois aliados. Ouça: Podcast O Assunto: caso Flordelis As contradições do caso Flordelis e como a deputada passou a ser suspeita da morte do marido. A deputada federal Flordelis estava com o pastor Anderson do Carmo, marido dela, quando ele foi assassinado. Os dois chegavam em casa, em Niterói, quando ele foi atingido por vários tiros. O jornalista Felipe Freire conta as várias versões para o crime – e como a deputada passou a ser suspeita. Ouça: Fumaça de queimadas Mapa mostra ventos que levam monóxido de carbono para São Paulo e norte do Paraná. Reprodução / Windy.com Os ventos úmidos que sopram da Amazônia para as regiões Sul e Sudeste trouxeram fumaça de queimadas para diversas cidades de São Paulo e Paraná. A fumaça é oriunda de focos de fogo no Cerrado e na Amazônia, mas também de países vizinhos como Bolívia, Peru e Paraguai. O fenômeno foi verificado na quarta-feira (18) e chegou à cidade de São Paulo ontem. Desbloqueio de recursos O Ministério da Economia divulga relatório de receitas e despesas do orçamento de 2019. A expectativa é de liberação de recursos aos ministérios de, ao menos, R$ 8,3 bilhões. O governo já informou que deverá recompor os valores para o pagamento de bolsas do CNPq. Nova ofensiva saudita Arábia Saudita ataca a cidade portuária de Hodeida, no Iêmen A coalizão liderada pela Arábia Saudita iniciou nova operação militar ao norte da cidade portuária de Hodeida, no Iêmen, contra o que descreveu como "alvos militares legítimos". A ofensiva ocorre em meio à crise internacional gerada pela destruição de instalações petroleiras na Arábia Saudita. Os rebeldes houthis – apoiados pelo Irã na Guerra do Iêmen e que ocupam Hodeida – reivindicaram a autoria dos ataques de sábado, mas os governos saudita e norte-americano sugerem que o regime iraniano esteja por trás da ação. Ouça: Há risco de guerra após os ataques na Arábia Saudita? Mulheres e o futebol no Irã Mulheres iranianas torcem para poder frequentar estádios Impedidas de ir aos estádios, mulheres do Irã assistem a jogos de futebol em shoppings e cafés. Essas jovens torcedoras pintam os rostos com a bandeira do país e sorriem com alegria. Nesses locais, elas torcem pela seleção iraniana em telões com outros torcedores – do sexo masculino. Mulheres iranianas são banidas dos estádios em jogos de futebol masculino no país desde a Revolução Islâmica de 1979. E o tema atraiu olhos de todo o mundo após uma torcedora atear fogo nela mesma ao ser presa por assistir a uma partida entre dois clubes do Irã. Visita animal Menino recebe visita de cavalo em porta de hospital no ABC paulista O menino Yuri Maia, de 7 anos, está internado para tratar osteomielite na perna esquerda há mais de duas semanas. Neste período ele passou por duas cirurgias em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. O tempo de internação até receber alta só deve acabar em dez dias, segundo projeções médicas. Apesar de toda a dificuldade que o garoto passa com a rotina hospitalar, ele nunca deixou de lado a paixão que tem por cavalos. Foi pensando em animar um pouco mais a recuperação de Yuri que uma equipe multidisciplinar do hospital resolveu surpreender o menino com a visita inusitada de um cavalo, na verdade, da égua Lady Bela, da raça Paint Horse. Cinema Quinto filme da série "Rambo" é o destaque nas estreias da semana no cinema 'Rambo: Até o Fim', 'Midsommar' e novo 'Asterix' são os filmes da semana. Fim de franquia com Stallone, terror moderno e clássico francês são destaques nos cinemas. Veja os trailers e o comentário do G1. Rock in Rio Bruce Dickinson pula durante show do Iron Maiden na turnê Legacy of the Beast Divulgação / Rock in Rio A única atração principal do Rock in Rio 2019 mais ouvida no Brasil que em qualquer outro país do mundo é o Iron Maiden. O grupo de metal lidera no Palco Mundo o índice de "brasilidade" (porcentagem de ouvintes brasileiros na audiência total no YouTube - 13,8%). A lista comprova a força relativa do heavy metal no Brasil. O dia dedicado ao estilo é o que tem bandas estrangeiras com nível mais alto de ouvintes nacionais - além do Iron, Scorpions (10%) e Helloween (8,4%). Veja levantamento do G1. E mais: Whitesnake: Como será o show no Rock in Rio 2019? David Coverdale lembra voo bêbado com Freddie Mercury e jingle de cigarro no 1º Rock in Rio. Líder do Whitesnake, que volta ao Rock in Rio, relembrou 1985, que teve convite surpresa, voo com o Queen, "ataques" de mulheres em hotel e jingle com músicos do Roupa Nova. Saiba tudo sobre o festival Veja a programação Friends Joey (Matt LeBlanc) em 'Friends' e Roberto Gómez Bolaños em 'Chaves' Divulgação O que "Friends" e "Chaves" têm em comum? Seriado mexicano criado nos anos 70 e a série americana, que completa 25 anos neste domingo, têm muito em comum. Autor de livro sobre 'Friends' explica fenômeno. Seleção Brasileira O técnico Tite Reprodução / SporTV Depois do empate com a Colômbia e a derrota para o Peru nos amistosos de setembro, o técnico Tite volta a chamar a Seleção Brasileira nesta sexta-feira, às 11h. A lista de 23 convocados será para as partidas amistosas contra Senegal e Nigéria, que serão disputadas em Cingapura, na Ásia, nos dias 10 e 13 de outubro. Curtas e Rápidas: São Paulo Oktoberfest começa nesta sexta no Jockey Club; veja como chegar de transporte público Dois únicos afluentes limpos do Rio Tietê ficam na cidade de São Paulo Grande Rio e Viradouro definem sambas para 2020 neste fim de semana Previsão do tempo Veja a previsão do tempo para a sexta-feira (20)

    Renata Lo Prete conversa com Felipe Freire, jornalista da TV Globo, que cobre o caso Flordelis desde o primeiro dia. Você pode ouvir O Assunto no G1, no Spotify, no Google Podcasts ou no Apple Podcasts. Assine ou siga O Assunto, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar. Neste episódio de O Assunto, Renata Lo Prete conversa com Felipe Freire, produtor investigativo da TV Globo. Felipe conta como que a deputada federal Flordelis (PSD) passou a ser suspeita da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo. Mais de três meses após o crime, a Polícia Civil do Rio de Janeiro ainda investiga o caso e busca esclarecer se uma terceira pessoa se envolveu na morte do marido da deputada. Dois filhos do casal, Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas dos Santos de Souza, são suspeitos da morte do pastor. Eles foram indiciados por crime de homicídio qualificado e estão presos. De acordo com a delegada do caso, Bárbara Lomba, foi dado início à segunda fase da investigação que pretende identificar a participação de outros membros da família no assassinato. Flordelis e outras pessoas que estavam na casa no dia da morte de Anderson foram intimadas a comparecer na simulação do próximo sábado (21). Como assinar o podcast O Assunto O Assunto Arte G1 O que são podcasts? Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser. E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet. De graça. Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia... Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos. É possível ouvir episódios avulsos ou assinar um podcast – de graça - e, assim, ser avisado sempre que um novo episódio for publicado.